Foto Galeria

JA slide show

Autenticação



Noticias
PSD do Cartaxo vai eleger os seus órgãos concelhios no próximo dia 21 de Junho PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Sede PSD Cartaxo

O PSD do Cartaxo vai eleger os seus órgãos concelhios no próximo sábado, dia 21 de Junho. Sendo este o momento para decidirmos o caminho para os próximos dois anos, é especialmente importante que participem neste acto eleitoral todos os militantes com capacidade eleitoral.

Para as eleições do próximo sábado, cujas urnas estarão abertas entre as 16 e as 19 horas na sede do PSD do Cartaxo, apresentou-se uma única lista que é constituída pelos seguintes militantes:

 

LISTA CANDIDATA À COMISSÃO POLÍTICA DO PSD
DA SECÇÃO DO CARTAXO

PRESIDENTE: JORGE NOGUEIRA
VICE-PRESIDENTE: JOSÉ AUGUSTO DE JESUS
SECRETÁRIO: GONÇALO GASPAR
TESOUREIRO: ALBERTO JORGE SOUSA
VOGAIS: CÉU CLEMENTE
VOGAIS: ANA PENEDOS
VOGAIS: ÍRIS NUNES
VOGAIS: JOSÉ BARROSO
VOGAIS: LUÍSA NOGUEIRA

LISTA CANDIDATA À MESA DA ASSEMBLEIA DE SECÇÃO DO PSD
DO CARTAXO

PRESIDENTE: PEDRO REIS
VICE-PRESIDENTE: LUÍSA PATO
SECRETÁRIA: DÍLIA CANAIS

 
Comissão Política do PSD Cartaxo debate a situação política no concelho e os resultados das Eleições Europeias PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

A Comissão Política do PSD Cartaxo reuniu no passado dia 30 de Maio, tendo analisado os resultados das Eleições Europeias e debatido as principais questões políticas do concelho. A Comissão Política do PSD Cartaxo deu especial atenção à suspensão do mandato por parte do presidente da União de Freguesias da Ereira e Lapa, aguardando que nos próximos dias sejam dadas respostas concretas a todos os cidadãos daquela União de Freguesias.

Em resultado desta reunião, a Comissão Política do PSD Cartaxo emitiu o seguinte comunicado:

 

 

 
Declaração de voto conjunta das contas 2013 -PSD Cartaxo 2014 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Tendo analisado os documentos do “Relatório de Gestão” e as respectivas “Demonstrações Financeiras” e os “Parecer e Certificação Legal de Contas” que, em conjunto, constituem a prestação da actividade e das contas da Câmara Municipal do Cartaxo, desenvolvidas ao longo de 2013, os eleitos pelo PSD na Câmara e Assembleia Municipal do Cartaxo, consideram que:

 

 
Discurso de Jorge Nogueira, presidente do PSD Cartaxo, na Sessão Solene da Assembleia Municipal do Cartaxo, que comemora os 40 anos do 25 de Abril. PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Sr. Presidente da Assembleia Municipal
Sr. Presidente da Câmara Municipal e srs. Vereadores
Srs. Presidentes de junta
Senhoras e senhores deputados municipais
Srs. representantes das forças de segurança do concelho e
demais autoridades presentes
Senhoras e senhores jornalistas
Caros concidadãos

4JN 25ABR20140 anos depois da madrugada mais limpa e ingénua das nossas vidas, aqui estamos para dar testemunho das nossas experiências.
Aqui estamos para falar de liberdade, de democracia e desenvolvimento.
Hoje, todos nós devemos ser confrontados com a reflexão sobre as expectativas e os sonhos que criámos em relação aos últimos 40 anos.
É errado que hoje, quatro décadas passadas sobre o 25 de Abril de 1974, estejamos a comparar a nossa realidade com aquela que alguns de nós vivemos então. E é errado porque, apesar da gravíssima crise que vivemos, estamos muitíssimo melhor do que estávamos há 40 anos.
É, por isso, que a comparação nunca poderá ser feita com o período vivido antes, nem com os 10 anos que se seguiram a 1974. Mas é a mais pura das verdades que o 25 de Abril permitiu-nos a todos sonhar com um país, para além de democrático, mais justo, mais desenvolvido, mais integrado no projecto europeu.
O sonho criado pelos capitães de Abril, dos quais salgueiro maia permanecerá para sempre na memória do povo, permitiu-nos ter esperança em que os dias futuros seriam sempre melhores que os passados.
E alimentámos os nossos filhos com essa mesma esperança, a de que também eles iriam viver o que alguns sonharam para um Portugal completamente europeu em todos os seus índices.
Os fazedores de Abril ofereceram-nos a democracia. E é na democracia que encontramos a única possibilidade de realização da política.
O nosso maior desafio é e será unir política e esperança, sobretudo em tempos difíceis como são os que hoje vivemos.
E este desafio, por mais difícil que nos pareça, terá que ser alcançado pelos actuais e futuros políticos.
Os autarcas também aqui terão um papel preponderante, basta que para isso queiram verdadeiramente colocar-se ao lado das populações, não de forma demagógica e populista, mas sim à procura das melhores soluções tendo em conta que os recursos financeiros são cada vez mais escassos.
O nosso concelho é um dos melhores exemplos para identificar o grau de ilusão que reinou nos últimos anos, em que ninguém cuidou de equilibrar as despesas às receitas.
A imensa dívida contraída pelos autarcas do partido socialista neste concelho vai condicionar o nosso futuro por muitos e muitos anos.
A factura das ilusões que nos foram vendidas já é conhecida e vai obrigar a que todos os cartaxeiros façam um tremendo esforço para pagar os erros de políticos que atiraram o nosso concelho para a lista negra dos municípios mais endividados do país.
Oxalá os autarcas deste e de futuros mandatos tenham a capacidade de rectificar tudo o que está a lesar, de forma muito acentuada, o desenvolvimento do nosso concelho.
Tenho esperança que também no cartaxo consigamos ultrapassar o estado de necessidade e que possamos oferecer aos vindouros um concelho com capacidade de potenciar a criação emprego e que, por essa via, alcancemos a qualidade de vida que todos ambicionamos.
O caminho será longo e muito difícil. Portugal atravessa uma das suas mais graves crises com quase um milhão de desempregados e cerca de dois milhões e meio de pobres.
É nestes períodos que se impõe um poder local forte e actuante, pela sua proximidade aos cidadãos e pela sua capacidade de atenuar o sofrimento dos mais carenciados.
Mas também nesta questão, o município do cartaxo está muito limitado, por via de um endividamento sufocante, que ultrapassa os 400 por cento das receitas arrecadadas anualmente.
A defesa do poder local democrático, uma das mais importantes conquistas de Abril, começa precisamente pelo necessário equilíbrio orçamental.
Uma autarquia que esgote praticamente todas as suas receitas em despesas com pessoal e serviço de dívida coloca-se a si própria em risco. E esse é o pior sinal que pode ser dado, num momento em que são grandes as ameaças ao poder local.

40 Anos depois de 1974 são muitos e difíceis os desafios que temos pela frente. Eles resultam acima de tudo por culpa de opções políticas completamente erradas de primeiros-ministros, ministros e presidentes de câmara que gastaram dinheiro dos impostos das pessoas no seu benefício político, nomeadamente para ganhar eleições.
Ainda assim e apesar da crise que vivemos valeu apena… Portugal e os portugueses estão hoje, sem qualquer dúvida, melhor do que há 40 anos. Continuo a sentir um imenso orgulho por ter participado em todos os 25 de Abril desde 1974.
E, por isso, digo que o 25 de Abril não pertence a nenhum partido. Nem os símbolos de Abril ficam melhor na lapela de alguns militantes partidários do que noutros.
O 25 de Abril de 1974 pertence a todos. O espírito e os desígnios do 25 de Abril pertencem a todos os homens e mulheres livres do nosso país.
Houve quem quisesse aprisionar o 25 de Abril numa lógica totalitária, mas Abril resistiu e nós continuamos hoje, tal como ontem, mas também amanhã a saudar o dia que nos trouxe liberdade e que nos permitiu implantar um regime democrático em Portugal.
É por isso que continua a fazer tanto sentido comemorar Abril…


Viva o 25 de Abril…
Viva o cartaxo…
Viva Portugal.

 
PSD Cartaxo realizou Almoço/Convívio em Vila Chã de Ourique PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Almoco PSD Ctx 0001

Clique na imagem e veja algumas fotos do evento

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 9 de 24

ver cOMpOL

ver veread

ver AM

ver FREG

ver junte

 

Newsletter







April 2018
S M T W T F S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5