Foto Galeria

JA slide show

Autenticação



Opinião
Ano após ano, mais uma Feira. PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
O pagode responde e comparece, abre as suas patacas, gasta o seu dinheiro, diverte-se e no final, mais um evento cumprido!
Um sucesso no entender da nossa Câmara Municipal, até porque de alguns anos a esta parte, o certame está mais rico porque também em simultâneo funciona a Expo Cartaxo, em parceria com o Nersant.
Assim se cumpre a tradição de uma das feiras mais antigas do País.
Quem vem à feira e atraído pelos belos cartazes publicitários e pelas lindas frases proferidas pelo evento, fica defraudado ou não,  já esta habituado a que assim seja!   Encontra um monte de carrosséis, algumas rolotes de farturas e diversas  “barracas” de frutas e outros produtos artesanais.
Feira  dos Santos na Capital do Vinho. Mas que Vinho, mas que Santos, que valor têm para os nossos eleitos?
Não seria lógico a Câmara, já ter em seu poder alguns quiosques próprios tradicionais (amovíveis) ou tabernas se assim ainda se possam chamar, para dar há exploração com a obrigatoriedade de venda de produtos locais, para embelezar e enaltecer a parte da feira tradicional, deixando um pouco para dentro dos portões a moderna Expo Cartaxo?
Onde se perdeu a sabedoria própria que se adquiriu ao longo de tantos anos, para se fazer mais e melhor? A experiencia serve para evoluir. Dar aos munícipes valores actualizados, nunca esquecendo as nossas raízes,   num país que se quer melhor, criativo, proactivo… para isso é necessário trabalhar.
Pensei que este ano tudo estava organizado, a tempo, tudo estudado!   Tanto se falou dos terrenos da feira, venderam-se dizem uns, outros dizem que foram outras coisas… Mas já temos a nova Esquadra da Policia de vento em popa.
Vi à ultima da hora, alguém apressadamente instalar uma vedação, fazendo prever que de imediato se iria começar uma obra, e constatei que este ano para a feira haverá menos de metade do estacionamento habitual, que já era pouco. (Será que ainda vai haver tempo  para se colocar cartazes e faixas, mostrando ao povo, que o Cartaxo está a mudar?) E vão, vão haver obras! Tal como as outras… os taipais que foram colocados no centro da nossa terra, no último Natal, impedindo e prejudicando ao máximo o consumidor e o comércio local.

Gentes com mentes brilhantes, querem o melhor para o nosso Cartaxo!

Paulo Mendes @ Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 
É a coragem da convicção que faz andar as coisas e torna possível qualquer Mudança PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Discurso da Professora Hélia Baptista na Assembleia Municipal de 5 de Outubro de 20101, comemorando o 100º Aniversário da Implantação da República..

Continuar...
 
Afinal havia crise PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Foi e é a propaganda a grande imagem deste governo. Eles nunca souberam governar.

marques_mendes_001Durante meses, o discurso oficial era categórico: Portugal estava no bom caminho, as previsões orçamentais estavam certas, éramos os campeões do crescimento na Europa, um verdadeiro caso de sucesso. Quando muitos vaticinavam a necessidade de mudar de vida, logo o governo os apelidava de profetas da desgraça. Onde muitos viam o país a resvalar para o precipício, o primeiro-ministro só descortinava razões para optimismo.

Até que surgiu o duríssimo programa de austeridade da semana passada. Um programa que chocou o...

Continuar...
 
A propósito da exigência da retirada dos tapumes e da devolução do centro do Cartaxo aos cartaxeiros... PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Parabéns pela vossa postura!
Têm o meu apoio para essa exigência!
É NECESSÁRIO DEVOLVER O CENTRO DO CARTAXO AOS CARTAXEIROS E À POPOLUÇÃO EM GERAL.
Este presidente devia ter vergonha na cara e saír, pois infelizmente não será responsabilizado pelo que de mau tem feito para o CARTAXO.
Não cumpre com ninguém, diz sim sim a tudo e nada cumpre.
É uma vergonha está a deixar o nome do Cartaxo mal por todo lado.
Perguntem-lhe se já pagou à empresa que forneceu os troféus do Prémio Rui Silva.
Perguntem-lhe quem pagou os porcos que foram assados na Festa dos camionistas.
É uma vergonha!

---
Fernando Borges

 
<< Início < Anterior 1 2 Seguinte > Final >>

Pág. 2 de 2

ver cOMpOL

ver veread

ver AM

ver FREG

ver junte

 

Newsletter







April 2018
S M T W T F S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5